quarta-feira, 11 de julho de 2012

NA ERA DOS SUPER-PODEROSOS...


Na era dos super-heróis, muitos tem se achado super-poderosos, e até parece que existe uma frequência magnética pairando na atmosfera, onde alguns após terem saído de uma sala de cinema se acham o maioral, até parece coisa de criança, pois se uma “criança” assistir um filme como os Vingadores, com certeza sairá pensando em ser um dos heróis do filme, mas agora um adulto saindo de uma seção de cinema se achando um super-herói é meio que fora do normal, para não dizer ridículo.

Nestes últimos anos após ressurgir os super-heróis das revistas em quadrinho, de onde passaram do papel para as telas, nunca na historia apareceu tantos heróis-supérfluos, descartáveis e inaptos, isto já virou febre nacional.

Nos filmes os super-heróis cheios de super-poderes, mostram que nada é mais super-poderoso que os seus próprios poderes, a policia que existe para manter a lei e a ordem não chega nem perto, mesmo tendo armas super- poderosas, e porque não super-modernas.

Ainda bem que não existem os super-heróis das revistas em quadrinho e os super-heróis dos filmes, pois se estes existissem viveríamos um caos total na face da terra, mas como assim um caos total? Pois não são super-heróis?

O que imaginamos é que estes são os super-defensores, mas na realidade são os super-destruidores da terra, um caos, porque por onde passam deixam destruição, e até agora não assisti a um filme de super-herói onde não houvesse destruição em massa, prédios, ruas, carros, pessoas desesperadas correndo de um lado para o outro, entendo que faz parte da ação do filme, as explosões, as demolições, as inundações, todas aquelas parafernálias, pois senão, não teria graça, não teria adrenalina para convulsionar o sangue, não teríamos a apreensão e a tensão de ficarmos assistindo, mas ainda bem que posso dizer que tudo isso não passa de ficção, não passa de uma irrealidade, é apenas um filme, aquela impressão quando acordamos ainda bem que é um sonho.

Em relação a isso podemos dizer ainda bem que não é verdade, mas existem outras coisas bem reais e que não são fictícias, e estão bem visíveis e bem próximas das nossas vidas, e não tem como falarmos ainda bem que é um sonho, existe uma realidade onde não temos super-inimigos, mas temos inimigos, e infelizmente nós, humanos, somos nossos maiores inimigos, alguém poderia me dizer mais e o diabo não é o nosso maior inimigo?

Não o diabo é o nosso maior adversário, embora almeje insistentemente e queira nos destruir, não pode, porque não é ONIPOTENTE, ele pode até nos atingir em algumas coisas ou áreas das nossas vidas, mas jamais nos destruirá, segundo a Bíblia ele já está derrotado, e outra, não é ele que tem poder sobre nós, mas somos nós que temos o poder sobre ele, por não poder nos destruir, não deixa de ser nosso inimigo, mas não é o nosso maior inimigo, pode até dar os toques, mas quem executa são aqueles que se rendem as suas ideias, os nossos maiores inimigos são aqueles que se deixam vencer pela ganância, porque só pensam em lucrar e vivem da usura, pela violência, porque são covardes e matam inocentes e indefesos, pela corrupção, porque se vendem pelo dinheiro ilícito, pela avareza, porque estão apegados as riquezas e a matéria, pela ignorância, porque não procuram ter conhecimento e entendimento e assim menosprezam as coisas importantes da vida, pela mentira, pois não conseguem viver a verdade, pela religiosidade, pois somente as suas denominações são as certas, pela razão pois somente eles se acham inteligentes...

Pessoas assim não faltam no mundo, na verdade sobram, o que falta são pessoas com temor, com amor, e com pudor, pessoas que estejam preocupadas em dar em vez de receber, em servir em vez de ser servido.

Na atmosfera magnética (magnetismo = força em uma matéria capaz de atrair ou repelir outros), em que algumas pessoas pensam que vivem, em um nível superior, principalmente aquelas que acham viver num âmbito mais elevado, que se acham mais eclesiástico do que outros, que golfam andar numa outra dimensão, e que proferem palavras eloquentes, onde se acham os donos da verdade, e se sentem no direito de reprender a quem quer que seja, e falam o que bem entendem, a estes que se sentem os magnânimos porque vivem de palavras e não de atitudes, pode-se considerar um SUPER-HEROI dos Templos Modernos, com SUPER-PODERES de Sodoma e Gomorra.

Estamos vivendo um cataclismo pentecostal onde a busca desenfreada pelos poderes sobrenaturais, tem feito com que as pessoas corram de um lado para o outro, eis que esta aqui, toctoctoctoctoctoc, eis ali, toctoctoctoctoctoctoc, eis acolá, toctoctoctoctoctoctoc, os ecléticos rumam de um lado para o outro e não sabem o que querem, mas nas verdades das realidades estão em busca dos SUPER-HEROIS cheios de SUPER-PODERES, e o pior de todas estas coisas é que existem pessoas que se sentem SUPER-PODEROSOS...

Tanto os que seguem como os super, se esquecem de que existe um que é ONIPOTENTE... ONIPRESENTE... ONISCIENTE... E por mais que seja a imagem e a semelhança de homem, não o é, mas é o ÚNICO... E VERDADEIRO DEUS... A ELE SEJA A HONRA... A GLORIA... O PODER... O LOUVOR... E A ADORAÇÃO... o que fugir disto não passa de procedência maligna... 


Postar um comentário