sábado, 20 de outubro de 2012

PORQUE ME CHAMAS DE AMIGO ???



Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Então, aproximando-se eles, lançaram mão de Jesus, e o prenderam. Mateus 26:50

Quem é o verdadeiro amigo senão aquele que reconhece quem não é o amigo verdadeiro... E mesmo assim não tem o porquê de agir com uma atitude vingativa... Antes mesmo sem merecer o reconhece, como amigo, não deveria e nem merecia ser reconhecido, pois tais atitudes podem ser chamadas de homicidas, mas não levando em consideração o ato praticado e sim a capacidade de poder perdoar o transgressor, Jesus não se manifesta com violência e sim com mansidão e amor.

Quando falamos de amigos, falamos de pessoas que fazem parte da nossa vida de uma forma ou de outra, pessoas que cruzaram o nosso destino e juntos caminhamos por vários lugares, escrevemos varias historias, compartilhamos momentos bons e ruins, consolamos e fomos consolados, nos divertimos com risadas de doer à barriga, em nossa concepção amigo é tudo isto e um pouco mais.

Jesus porem quando estava prestes a ser preso, quando seus opressores se aproximaram Jesus lhes diz: Amigo... a que vieste?

Jesus chama seus inimigos de amigo, aliás, Jesus os considerava mesmo sabendo que não eram seus amigos de verdade, mas mesmo assim os estimava como tal.

Estes lançaram mão de Jesus e o prenderam, embora Jesus antes mesmo de o prenderem já sabia o que estavam prestes a fazer, pois sentia em seu espírito a agonia da traição e morte, mas como Jesus era Jesus, e Jesus o Cristo só existe um, aquele que veio para salvar o perdido, não teve nenhuma atitude de reação, a não ser demonstrar que era humilde e manso.

E, estando ele ainda a falar, eis que chegou Judas, um dos doze, e com ele grande multidão com espadas e varapaus, enviada pelos príncipes dos sacerdotes e pelos anciãos do povo.

Eis que o traidor chegou-se até Jesus, como quem não queria nada, mas demonstrando que estava indo prender um criminoso de alta periculosidade, pois todos estavam armados até os dentes, este, Judas o traidor, não estava ali para ver a Jesus, e sim para entrega-lo, para troca-lo por trinta moedas de prata, e com um beijo traiçoeiro, pois este era o sinal da avidez do coração de Judas, este então vem a traí-lo.

E o que o traía tinha-lhes dado um sinal, dizendo: O que eu beijar é esse; prendei-o. E logo, aproximando-se de Jesus, disse: Eu te saúdo, Rabi; e beijou-o. Mateus 26:47-49


Como podemos ver mediante os versículos aqui explanados, Judas tinha tudo planejado, já estava traçado a estratégia para prender a Jesus, com um ósculo que não era santo, um beijo traiçoeiro, disfarçado, com  perversidade, cheio de intenções peçonhentas, este diz a Jesus; Eu te saúdo Rabi; e beijou-o, Judas não levou em consideração todas as coisas que Cristo lhe havia feito, se esqueceu dos seus ensinamentos, do afeto por sua pessoa, pois mesmo sabendo quem Judas era, assim mesmo lavou os seus pés (João 13:11), sem lhe questionar, sem lhe julgar ou condenar, pois Jesus sabia que Judas era ladrão, pois subtraia do alforje (João 12:26), mas mesmo assim na humildade de servo lhe fez de nobre.

Levando em conta ao que Jesus disse; Amigo, a que vieste? 

Sinceramente confesso que fiquei constrangido quando li esta parte, pois no geral vamos a Cristo mais pelas nossas necessidades particulares, do que para realmente estarmos com ele, quando não vamos ao seu encontro cheios de violências, de injurias, de questões, de duvidas, de petições, e não vamos até a ele para honrar, glorificar e exaltar.

Existem coisas difíceis de entender, como pode, eu era inimigo da cruz de Cristo e ele ainda me chama de amigo... Eis uma questão que não dá pra engolir, mesmo sabendo que somos pecadores, que o negaríamos, que o trairíamos, que o desprezaríamos, trocamos a sua presença pela presença humana e carnal dos homens, e mesmo assim Jesus demonstra interesse por nós, por isso; eis ai vem a minha pergunta;

PORQUE ME CHAMAS DE AMIGO...


Postar um comentário