terça-feira, 11 de junho de 2013

A MORTE NÃO MANDA RECADO...


Quando se fala no assunto MORTE, há quem não sinta um calafrio ou até mesmo um frio na espinha, e como diziam os antigos que: quando se sentia um arrepio, era porque o espírito da morte estava passando pelas costas.

Quando se fala no assunto MORTE, algumas pessoas excomungam, “eu já tive esta experiência”, quando certa vez toquei no assunto e uma pessoa que achava estar supostamente à beira da morte, me soltou os cachorros.

Há quem bata três vezes na madeira, de um pulinho para o são – longuinho, coloque um galho de arruda atrás da orelha, deixe a Bíblia aberta no livro de Salmos 91, “com um grifo em amarelo no capitulo todo”, há quem faça o sinal da cruz três vezes, há quem possa bradar TA-AMARRADO, há quem semeie sal grosso pelo caminho, para espantar o mau-olhado, coloque um trevo de quatro folhas dentro da carteira, figa pendurada com as chaves do carro e da casa, crucifico, etc... Bom, enfim, se fossemos colocar as mandingas para tentar afastar o que alguns chamam de o azar da morte iríamos terminar escrevendo o texto somente sobre isto, mas como a intuição não é esta, estar se prevenindo com superstições e sim com entendimento, vamos mudar a faixa do disco.

Porque que a morte causa tanta aversão na vida das pessoas, porque que quando se fala em morte, uma boa parte se sente constrangida, sente medo, sente algo como se a morte fosse à pior coisa da face da terra; Sendo que ninguém morreu e retornou para saber e falar como é que é a parada de morrer e estar morto, claro a não Jesus Cristo, o resto, nós seres mortais, não tivemos esta proeza.

As pessoas tratam a morte como se fosse à pior coisa a acontecer em nossas vidas, tirando a parte de que não estaremos com o ente-querido neste mundo, que iremos sentir saudades, que iremos nos lembrar das coisas feitas por este, que iremos sentir a sua falta, acredito que o resto da para quase se tirar de letra.

Uma das maiores preocupações em morrer, para algumas pessoas esta em como se ira morrer, alguns querem morrer dormindo, e acredito ser a maioria, outros querem morrer sem sentir dor, esta é a outra parte misturada da maioria dos que querem morrer dormindo, outros, cruz-credo não querem nem pensar nisso, e falando nisto, ninguém quer pensar, mas eu não conheço ninguém na face da terra que já não quis morrer, que no momento em que se esta até a goela de problemas já não pensou, que o MELHOR a acontecer seria morrer, “experiência própria”.

Em outra ocasião, quando se esta em apuros, alguns rezam o terço inteiro; outros oram na hora da morte; outros citam a Bíblia, metralhando o mal com versículos bíblicos, principalmente aqueles que se referem ao EU; outros se lembram que Deus existe, e dizem: Deus me livre; outros apelam para as crenças e religiões que tentam amenizar a suposta dor e terror da morte; outros fazem promessas, se eu sair desta, PROMETO ser bonzinho, prometo não mentir, nunca mais fazer isto; outros prometem ir à igreja todos os dias; outros prometem nunca mais faltar às reuniões da sua religião; Bom, enfim se fossemos ficar falando nisto não sairíamos daqui, então vamos continuar com assuntos tais que nos tragam ao menos uma pequena compreensão daquilo que achamos, porque aprendemos muitas vezes assim, bem deste jeito, e por esta causa muitos estão aterrorizados e torturados quanto à questão, morte.

Evidentemente que também não poderia falar algo de si próprio, pois ainda não morri, estou vivinho da silva (jargão popular), e mesmo que morresse não teria esta autoridade, sem ao menos ter a permissão daquele que é o dono da vida, Deus, mas pretendo falar de algo que não nos traga tanta infelicidade, pois isto já nos é causado pela dor, pela injustiça, pela ganância, pela violência, e por tantas outras coisas que fazem a humanidade sofrer.

São muitas as teses acerca da morte, as diversas e inúmeras religiões se esforçam para tentar explicar acerca do assunto, não estarei comentando sobre nenhuma delas, pois senão teríamos também que ficar escrevendo aquilo que já ouvimos como; de reencarnação em corpos estranhos e alheios, a aqueles que foram ao inferno e viram o sofrimento dos que ali estão, e agora estão pregando por ai, colocando pânico nas pessoas, em vez de amor e salvação.

Seja verdade ou não, o que os religiosos pregam, prefiro o que esta escrito na Bíblia, que em primeiro lugar nos mostra a salvação, nos mostra que independente de qualquer coisa, Deus manifestou o seu amor, Deus tem o prazer em salvar-nos de todo o mal, Deus nos criou sua imagem e semelhança e não nos fará ser um animal em aberração castigando-nos por causa que não conseguimos alcançar a salvação prometida, a condenação é o fim de tudo, se não a quisermos, e não o inicio de tudo, pois tenho visto pregarem a condenação eterna e não a salvação eterna, tenho visto pregarem o que Deus não disse, dizendo que ele revela os seus mistérios para os escolhidos, aliás, eu ou você não somos os únicos privilegiados nesta vida, existem milhões de pessoas que também receberam como nós a graça imensurável de Deus através de Jesus Cristo, portanto a morte como disse Paulo para aqueles que vivem em Cristo é ganho, pois o morrer é Cristo, e sem Cristo ninguém que esteja vivo estará vivo verdadeiramente, mas sim morto, portanto todos aqueles que querem vencer a morte precisam estar em Cristo, pois somente ele venceu a morte.

... que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras... e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.  1 Coríntios 15:3 b- 4

Não existem dois caminhos e sim o caminho, o único caminho que poderá nos levar a desfrutar de uma vida abundante, Deus não tem o prazer na nossa morte, mas terá a satisfação de viver conosco em toda uma eternidade...

Dizem que a morte não manda recado, acredito ser porque ninguém saberá o dia que ira morrer, mas então direi eu, se ela quer te surpreender, se a morte quer o teu fim, quero então te mandar um recado, Cristo é o inicio de todas as coisas em nossas vidas, inclusive de uma nova vida de coragem, de conquistas e vitorias, inclusive vitoria sobre a própria morte, e para que isto aconteça basta simplesmente dizer: Cristo a partir de agora não quero mais viver eu, mas sim que o próprio Cristo viva em mim, e isto não é merecimento nosso e sim dom de Deus.


Na vereda da justiça está à vida, e no caminho da sua carreira não há morte. Provérbios 12:28
Postar um comentário