segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

UM MUNDO DE INTERNAUTAS... UMA IGREJA VIRTUAL... E UM CULTO DE MENTIRAS...

Em pleno século atual a modernidade decola alcançando os mais altos padrões da tecnologia, onde as pessoas vivem e desfrutam de uma vida moderna, com informações obtidas na velocidade do som, não existem distâncias e nem muito menos barreiras neste mundo virtual, onde a comunicação não pode ser presente em corpo, mas, pode estar presente em apenas um click.

Toda esta modernidade é valida, pois tem nos beneficiado de uma maneira jamais vista, é surpreendente o que vemos nos dias de hoje e o que a tecnologia pode fazer, consegue unir pessoas num mundo virtual em apenas e numa questão de segundos, até mesmo nos lugares mais remotos e desprovidos de muita tecnologia se tem um pouco de tecnologia, algumas conseguem ser rápidas e outras lentas, mas mesmo assim isto não impede de as pessoas se manterem informadas e conectadas.

A uma certa felicidade quando as pessoas conseguem encontrar o que procuram, seja um objeto, uma informação, uma resposta e até mesmo um ente-querido, e tudo isso graças a tecnologia avançada do século 20.

Nos dias atuais é muito maior o numero de pessoas que navegam pela internet do que aqueles que preferem o anonimato dizendo não gostarem ou não saberem, e para isto não se têm idade, devido à facilidade e modernidade são inúmeras as pessoas que achavam não ter condições de teclar num computador, mas com uma única iniciativa se pegou o gosto e a prática.

É incomum andar nas ruas, shoppings, ou em qualquer meio de locomoção publica ou privada e não observar um número cada vez maior de pessoas com celulares, tablets, notebooks e outros aparelhos que estejam ligados a rede net, as redes sociais bombam nos perfis onde milhares de pessoas postam, compartilham e curtem fotos, mensagens e informações, algumas necessárias e outras que não havia nenhuma necessidade de estar ali, mas enfim, tudo é válido, pois os perfis são pessoais e cada qual se apresenta da maneira que achar melhor, pois quem dará conta da sua vida, não será nada mais e nada menos do que aquele que achou por fim postar o que bem entendeu.

As pessoas hoje são mais internautas do que propriamente humanas, pois muitas passam muito mais tempo na frente de uma tela, do que apreciando a própria natureza, muitas pessoas acham bem melhor estarem interligados por meio de um bate-papo virtual do que fazer uma visita pessoalmente à casa do seu amigo ou parente, muitos se divertem com os jogos virtuais a preferir uma brincadeira de rua, muitos até utilizam o sexo virtual através da pornografia em vez do original com a esposa ou com o marido, e assim se faz o mundo dos internautas, onde muitos valorizam mais o virtual do que o pessoal.

A virtualidade esta espalhada diante da esfera terrestre, as ondas virtuais alcançam todos os cantos da terra, quem sabe ainda exista um lugar onde o mundo virtual não tenha alcançado, mas com certeza isto será por pouco tempo, pois a tendência é, os planetas serem invadidos pela nossa tecnologia e presença virtual.

Tecnologia esta que em partes beneficia, mas em partes pode também nos prejudicar, não sei dizer qual o grau de prejuízo ou beneficio que isto poderá nos proporcionar, mas bom é estarmos atentos, pois diz um ditado que tudo que é desmedido prejudica, um exemplo disso é ficar muito tempo em frente a um computador, enquanto a vida passa e as coisas fora do mundo virtual não param, elas acontecem e continuam.

Ser um internauta parece estar na moda, ou pelo menos ser a moda do momento, pois uma boa porcentagem das pessoas estão conectadas, ligadas ou interligadas, esta conexão tenta atingir todas as áreas possíveis, do cientifico ao físico, do natural ao espiritual, esta conexão querendo ou não acabou influenciando as pessoas a levarem uma vida cômoda, muitos tem se isolado, muitos tem deixado de participar de corpo presente e muitos tem se viciado, pois não fazem muitas coisas mais a não ser estarem plugados.
A tendência mundial é de fazer do mundo, um mundo de internautas, onde todas as pessoas estarão conectadas entre si, por um lado isso é bom, ou melhor, ótimo, pois poderemos fazer diversas coisas ao redor do mundo, inclusive conversar com alguém do outro lado do mundo, e através desta tecnologia que a cada dia que passa esta cada vez mais inteligente, rápida e progressiva, poderemos navegar em questão de segundos, alcançando as informações necessárias, mas em contrapartida também pode nos prejudicar, pois querendo ou não somos vigiados diuturnamente e a cada vez que acessamos uma rede virtual, ou quando nos movemos e locomovemos somos rastreados, toda vez que a rede é acessada por qualquer dispositivo que esteja ligado a nossa pessoa, é fácil de seguir nossos passos, isso sem contar com os posts da internet nas redes sociais.

Dentre todas as coisas que podem nos transformar num mundo de internautas, também esta em jogo outras coisas, alem da nossa vida física, a nossa vida espiritual também esta em jogo, inclusive com a probabilidade de a perdermos, de deixarmos a espiritualidade de lado para nos transformarmos em robôs, manipulados pela tecnologia e por seus analistas, e isto é claramente visto em que a Igreja dos dias atuais também é virtual, e me atrevo a dizer, mais virtual do que espiritual, pois temos visto a dita propaganda realizada em cima deste mundo virtual, onde os dirigentes insistem em dizer que se você perdeu o culto realizado, ou o seminário da prosperidade não se preocupe, ele esta sendo vendido em DVD´s e além disso também esta disponível a mensagem do culto pela internet, isto quer dizer que nossas preocupações não estão em querer ir a igreja e sim em não poder estar lá, e se o nosso caso é não podermos estar lá por motivos diversos então temos esta disponibilidade, não nos esquecendo também que podemos ofertar com o nosso cartão de debito e credito, inclusive parcelando, ou fazendo um deposito em conta bancaria, está que esta aparecendo ai no seu vídeo, no seu tablet ou notebook, ou smarphone, ou Iphone, Ipad, ou qualquer outra coisa que te faça estar interligado. Há, não aparecerá na sua bíblia de capa dura, pois esta não contará com o dispositivo que você poderá baixar gratuitamente por download, a não ser que também ela seja virtual.
Uma Igreja virtual que preza pela disposição no dar das pessoas e não preza pela disponibilidade de o servir delas, é uma igreja que não se importa com os seus membros, e hoje é muito comum vermos pastores atarefados correndo de um lado para o outro, se desdobrando para fazerem eventos, viagens, retiros e tantas outras coisas que tragam a igreja o lucro financeiro (dinheiro), não se importando com o lucro espiritual (almas), e para estas pouco importa em as pessoas participarem de um culto, pois o mais importante é elas freqüentarem a igreja, não diria estar totalmente errada a igreja em fazer parte da modernidade, desde que a ênfase não esteja em as pessoas serem apenas mais uma para a igreja, e sim em elas poderem fazer parte da igreja, serem os representantes legais dela, os embaixadores, pois em minha opinião que além de fazermos parte de um mundo de internautas, participarmos de uma igreja virtual, e também muitas vezes estamos fazendo um culto de mentiras, onde o foco principal não é Deus e nem Cristo, e muito menos o Espírito Santo, pois já ouvi da boca de um pastor renomado que adorar o Espírito Santo é pecado, pois ele nos foi dado para adorarmos e não para ser adorado, é o que afirma o dito cujo,, inclusive iriam rever os hinos da harpa cristã para retirarem tais hinos que citavam o Espírito Santo.

Um culto de mentiras, sem ainda citar aquele culto que quem aparece é o pastor, a banda, o endereço da igreja, o evento principal, o pregador, o show do cantor fulano gospel, e tantas outras coisas que a igreja virtual se preocupa para si mesma, e o que menos aparece é Deus e um culto para Ele, vejo um culto de mentiras, quando a igreja força as coisas a seu favor, seus lideres se preocupam mais com os eventos da própria do que com o mover de Deus, estão preocupados com os dias e horas e não com a manifestação do poder de Deus, querem que Deus se manifeste em todas as reuniões, isto está errado? Não, só que se Deus não estiver a fim de se manifestar eles dão um jeito, apelam para a revelação, comoção e emoção, fazem um teatro, onde os artistas e figurinos são os próprios integrantes da igreja virtual, utilizam do púlpito para aparecerem e da palavra para se justificarem, sendo que teria que ser ao inverso, se utilizar do púlpito para não aparecer e da palavra para se explicar, a quem possa pensar diferente, não estou aqui para tirar o mérito de ninguém ou para dizer quem esta certo ou errado, e sim para nos alertar, pois se não despertarmos acerca disso, estaremos tão imbuídos neste sistema que quando nos dermos conta, estaremos tão longe de Deus que nem a maior e mais moderna de todas as tecnologias poderá nos aproximar dele, pois para o fim de todas as verdades, Deus criou o homem e a mulher a sua imagem e semelhança, colocou-os no paraíso para ter um relacionamento pessoal com ambos, e o que estiver abaixo disso é tudo virtual oposto ao real... 
Postar um comentário